fbpx

#2 Estratégias de Marketing Online – Redes Sociais

Com os avanços na tecnologia, um dos canais de comunicação, as redes sociais, têm vindo a ter um impacto cada vez maior na comunidade.

Além disso os tablets e smartphones são hoje objectos imprescindíveis e fazem com que em qualquer altura ou local possamos aceder às redes sociais.

Enquanto canais de comunicação privilegiados, faz todo o sentido que as empresas também os aprendam a utilizar. Certamente não só numa perspectiva de vendas, mas como uma forma de relacionamento/comunicação mais próxima com os clientes.

Canais de Comunicação – Redes Sociais

As redes sociais têm, acima de tudo, a capacidade de unir marcas e pessoas, mas isso não basta para fazer com que as publicações, sejam elas de campanhas, informações, promoções, etc, sejam vistas.

Consequentemente é necessário criar interacção, estabelecer um diálogo marca/consumidor, e para que tal aconteça o consumidor têm de se identificar com essas publicações com a respectiva marca.

A seguir apresentamos alguns dos aspectos a ter em conta aquando da utilização de canais de comunicação como as redes sociais:

  • Utilize Chatbots
    Tal como referimos no post anterior, cada vez mais os consumidores se sentem seguros e confortáveis interagindo com assistentes virtuais. Chattypeople, Chatfuel, Manychat, FaceMarket, são, por exemplo, algumas opções caso queira fazer a integração de um chatbot na sua estratégia de redes sociais.
  • Fazer perguntas
    Os consumidores querem ser ouvidos e fazer perguntas estimula-os a que expressem as suas ideias. Por isso pergunte sobre as suas preferências, peça ajuda para escolher nomes para produtos ou peça que descrevam lembranças associadas à marca. Crie experiências personalizadas para os seus clientes.
  • Imagens 
    As imagens são mais poderosas que as palavras, para além do destaque maior que têm, a utilização de imagens numa publicação cria um maior engajamento do que um texto solitário. Devido a serem fáceis de conseguir e altamente compartilháveis, reforçam a mensagem e ajudam a enfatizar o que se procura transmitir.

    São seo-friendly, ou seja, podem ajudar a posicionar a marca nos motores de pesquisa. Existem muitos sites onde pode pesquisar gratuitamente imagens, como por exemplo:  Flickr, Morguefile ou o Pixabay. 

    Para edição de imagens tem o PixlrPolarriPiccy e o Phonto (este último disponível para smartphone)Caso queira, criar imagens com texto sobreposto experimente o Canva.

  • Vídeos
    Publicações que utilizam este recurso têm 3 vezes mais compartilhados. Assim sendo por vídeos focados nos gostos e necessidades da sua audiência e cuja duração não exceda os 2m de duração. Pode optar por gravações ao vivo nas próprias redes sociais ou por publicá-los no Youtube.
  • Gráficos e tutoriais
    Quando quer comunicar dados estatísticos ou instruções/explicações de como fazer algo esta é certamente a forma ideal e mais rápida, pois facilita a assimilação de informação. Ferramentas como a PicMonkey ou Piktochart, são boas opções.
  • GIFs
    Duram apenas alguns segundo e por isso são bastante efectivos. São, igualmente, uma ferramenta poderosa para impulsionar o posicionamento das marcas. Crie os seus próprios GIFs com aplicativos como GiphyTumblr Creatrs ou Imgur.
  • Memes
    Para além de atrair tráfego, os memes são bons para compartilhar nas redes sociais e são muito fáceis de criar. Saiba que existem programas especiais para criar memes, como Recife, IMage Chef, imgflip, Kapwing ou Meme Generator.
  • Apresentações ou webinars
    Estas são as formas ideias de compartilhar informações de palestras ou eventos. Em resultado disso as transmissões em streaming estão já dentro das estratégias de conteúdo de muitas empresas quer seja via Facebook através do FacebookLive, ou no Twitter, através do Periscope.
  • Capturas de tela
    Se o que procura é ajudar a resolver um problema ou exemplificar algo, nada melhor do que compartilhar imagens. Ideais para ilustrar guias e tutoriais. Utilize as opções próprias do seu pc ou recorra a programas como Awesome screenshot ou Jing.
  • Infográficos
    Crie os seus próprios infográficos utilizando aplicativos como Infogr.am, Piktochart, Visualize.me, Easel.ly ou Canva.
  • Desenhos e comics
    Atraem facilmente audiências pois são fáceis de consumir e entender. Provavelmente será complicado fazer os seus próprios desenhos ou comics caso não tenha experiência como designer ou ilustrador, mas existem banco de desenhos e ilustrações onde poderá facilmente encontrar recursos, como por exemplo o Cartoonbank.
  • E-Books
    São de fácil acesso em qualquer dispositivo e uma óptima forma de partilhar conhecimentos. Procure não fazer com um número superior a 20 páginas, caso contrário tornar-se-à cansativo.

    Uma boa prática é a inclusão de imagens e recursos gráficos e não se esqueça de ter em conta a imagem e cores da sua marca.

    O NeoBook é uma boa ferramenta gratuita para fazer os seus e-books, mas também poderá fazer em formato Powerpoint ou através do Issuu.

Esperamos que este post seja útil e traga alguns insights sobre boas práticas e estratégias a utilizar no que diz respeito ao marketing online, nomeadamente através dos canais de comunicação tais como as redes sociais.

Ficou com dúvidas, talvez possamos ajudar, clique aqui.

Recomendar
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIN
Partilhar
Tagged in
Deixar um comentário