fbpx

8 Dicas para a sua campanha de marketing de Natal

Por esta altura já a sua campanha de marketing de Natal deverá ir a meio e o que lhe perguntamos é como está a correr? Está a conseguir os objectivos previstos?  É certo e sabido que os dias entre a Black Friday e o Natal geram 50 a 100% mais de vendas do que qualquer outro período do ano e por isso esta é uma altura em que deve planear antecipadamente a sua campanha de marketing de natal e consequentemente fazer as correções necessárias de modo a maximizar as suas vendas.

Caso precise repensar a sua estratégia aqui ficam algumas dicas a ter em conta na sua campanha de marketing.

REVEJA A EFICÁCIA DA CAMPANHA DO ANO ANTERIOR 

Saber quando ocorreu o pico das suas vendas, que e-mail obteve melhores resultados, etc são mais provavelmente as respostas que o vão ajudar na criação da estratégia para o presente ano.

Por conseguinte a melhor altura para esta analise ser feita é logo no início do ano, mas caso não o tenha feito ainda vai a tempo. Acima de tudo não se esqueça de retirar o máximo de informações possíveis sobre o que correu bem e menos bem.

CRIE UMA LINHA CRONOLÓGICA 

O período de festividades não se resume à época do Natal e se pensa assim está redondamente enganado. Ao invés, um bom planeamento das suas campanhas, para além de ser iniciado em meados de Junho, deverá, igualmente, ter em conta as seguintes datas:

  • Black Friday – 23 de Novembro de (ano);
  • Ciber Monday – 26 de Novembro de (ano);
  • Solstício de Inverno – 21 de Dezembro de (ano);
  • Véspera de Natal – 24 de Dezembro de (ano);
  • Natal – 25 de Dezembro de (ano);
  • Boxing Day – 26 de Dezembro de (ano);
  • Véspera de Ano Novo – 31 de Dezembro de (ano); e
  • Dia de Ano Novo – 1 de Janeiro de (ano).

REVEJA O PÚBLICO-ALVO 

Este objectivo passa por rever o seu público-alvo. Confira os dados demográficos e comportamentais que têm sobre os seus clientes até ao presente momento e da época natalícia do ano passado. Procure o que é semelhante, as tendências e explore-as e ainda mais, torne-as o alvo das suas mensagens.

controlar a percepção dos clientes

ESCOLHA OS CANAIS 

Primeiro deve escolher em que canais vai promover as suas campanhas. Em segundo lugar tem de garantir que as mensagens são passadas de forma consistente e coerente em todos eles.

PLANEIE A MENSAGEM

Devido a tudo o que mencionamos anteriormente, para planear a mensagem das campanhas de Natal deve ter em conta:

  • Necessidades da audiência;
  • A sua missão;
  • Valores da marca;
  • Como se diferencia da concorrência;
  • Como entregar valor ao cliente; e
  • Que acção deseja que o cliente tome (faça, pense ou sinta).

A tarefa é encontrar uma narrativa que comunique estes elementos de forma a que conduza os clientes à conversão.

ESCOLHA UM TEMA

Sabe que mensagem quer transmitir e o tema, ou seja, o veículo criativo para o qual a sua mensagem está a ser enviada, já o escolheu?

Não se esqueça de que deverá ser algo simples e que funcione em múltiplos canais e que se destaque. Evite complicar, temas complexos podem tornar a mensagem confusa.

ESCOLHA AS OFERTAS

Que ofertas está a utilizar para persuadir os clientes a gastarem mais durante toda a sua campanha? Não se esqueça de que as ofertas devem estar alinhadas com o tema e a mensagem. Por exemplo, se a sua campanha está voltada para artigos de luxo, fará mais sentido uma oferta gratuita acima de determinado limite de gasto, ao invés de uma redução de preço. Se a concorrência está a oferecer 20%, ofereça 21%, irá ajudá-lo a destacar-se. Tenha em conta os diferentes tipos de ofertas que poderá ter:

  • Ofertas por hora;
  • Descontos por categoria;
  • Ofertas grátis por compra;
  • Angariar dinheiro para uma causa ou associação.
  • Promover uma competição ou giveaway; e

PERSONALIZAÇÃO

Personalizar a sua campanha é uma forma eficaz de aumentar o relacionamento com os seus clientes. A chave da personalização é entregar conteúdo relevante no momento exacto, no fundo é recriar a experiência de uma ida a uma loja física em que somos atendidos por um colaborador. Experimente por exemplo, personalizar o banner da homepage de cada cliente de acordo com o histórico das suas pesquisas. Pode igualmente incluir recomendações de produtos, nos seus emails, baseando-se nas compras anteriores. Imagine um visitante que abandona o seu site sem realizar a compra, envie um email relembrando o que viu ou artigos semelhantes. Pode também relembrar quando os produtos fora de stock já se encontram novamente disponíveis ou avisar quando estão quase a ficar fora de stock, são tudo boas práticas. A um visitante novo, pode mostrar os seus best sellers. Finalmente, fazer recomendações de outros produtos assim que o cliente adiciona algo ao carrinho de compras pode ajudar a aumentar as vendas numa única transacção. Maioritariamente trata-se de sugestões de compras complementares, itens “para completar um look”, por exemplo.

Em resultado de tudo o que mencionamos podemos afirmar que a eficiência de uma campanha de marketing depende de si,  planeie antecipadamente, repense/avalie durante o processo e faça as alterações necessária de modo a que consiga atingir os seus objectivos. Se está a pensar em campanhas de email marketing podemos ajudar, contacte-nos.

Recomendar
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIN
Partilhar
Deixar um comentário