fbpx

Métricas para Marketing de Conteúdo

Utilização de métricas para marketing de conteúdo, será assim tão importante?

Já aqui falamos muitas vezes sobre a importância que o conteúdo da sua comunicação pode ter para a empresa. O marketing de conteúdo é importantíssimo para conquistar novos visitantes, relacionar-se com potenciais clientes e efectuar mais vendas.

É certo e sabido que a tarefa de produção de conteúdos nem sempre é fácil, por isso medir os resultados que está a ter, de certa forma, serve como uma orientação que deverá seguir. É importante entender que tipo de conteúdo está a funcionar melhor ou pior nos seus diferentes canais e consequentemente proceder às devidas alterações. Esta é a razão da importância de medir tudo aquilo que comunica, ou seja, das métricas para marketing de conteúdo.

Abaixo deixamos-lhe uma listagem de 29 métricas para o marketing de conteúdo. De forma a facilitar a leitura as mesmas encontram-me divididas por tipos de métrica.

Métricas de Consumo
  • Visualizações da página
    Este indicador revela quantas vezes e que conteúdos foram consumidos, ajudando-o a perceber que tipo de conteúdo tem melhor desempenho.
  • Visitantes únicos
    Sendo que cada visitante pode clicar em diferentes páginas ou até mesmo repetir o clique nas mesmas páginas, convêm aferir ao certo quantos são visitantes únicos. Desta forma poderá ter uma visão do tamanho geral do seu público.
  • Tempo médio na Página
    É importante saber o tempo que os visitantes despendem a consumir os seus conteúdos. Se passam rapidamente ou ficam retidos por algum tempo.
  • Abertura de emails
    Existem ferramentas como, por exemplo, o MailChimp que nos dizem quantas pessoas abriram os emails que enviamos e inclusive a que horas foram abertos. Este tipo de informação pode ser útil para saber qual a melhor hora para fazer futuros envios e os assuntos mais relevantes para colocar nos emails.
  • Cliques em emails
    De igual forma, algumas ferramentas conseguem indicar que links do email foram mais populares e dessa forma consegue identificar links mais clicáveis e textos futuros para os mesmos.
  • Download de ofertas/formulários
    O conteúdo fechado pode ser medido através de ferramentas de automação de marketing que medem quantas vezes um formulário foi preenchido completamente e com informações válidas.
Métricas de Retenção
  • Taxa de retorno
    Esta taxa mostra quantos visitantes regressaram ao site vs novos visitantes. O ideal é ter ambos mas tenha em conta que o relacionamento que mantêm com cada um deve ser diferente.
  • Taxa de rejeição
    É considerado rejeição quando o visitante apenas clica num link do site. Ou seja, a página de entrada e de saída do visitante são a mesma.
  • Páginas por sessão
    Enquanto que o indicador de rejeição mede o número de pessoas que saíram sem clicar em outras páginas, “Páginas por Sessão” mostra a média de páginas visitadas por usuário.
  • Cancelamentos e Opt-outs
    É importante monitorizar a lista de subscritores para verificar cancelamentos e opt-outs. Não se esqueça de verificar, igualmente, o número de novos subscritores e como esta lista está a crescer.
  • Seguidores
    Nas redes sociais uma das principais formas de retenção de visitantes é ser “seguido” por eles para que continuem a receber novidades suas e regressarem aos seus canais.
  • Assinantes de feed
    Tal como acontece com as subscrições, também é possível medir o número de assinantes do seu feed RSS de forma a calcular a retenção. Algumas ferramentas utilizadas para o efeito são o FeedBurner ou o FeedBlitz.
Métricas de Engagement
  • Compartilhamentos nas redes sociais
    Claro que é importante saber que tipo de conteúdo motiva os visitantes a compartilharem. O SharedCount apresenta-lhe uma estatística do número de compartilhamentos pelo tipo de conteúdo de todas as suas redes sociais.
  • Curtidas nas redes sociais
    Assim como os compartilhamentos é importante contar os seus Gostos. Uma vez que os conteúdos com gostos têm mais chances de aparecer no feed de amigos e seguidores.
  • Encaminhamento de emails
    Apesar de não ser possível contabilizar, efectivamente, todos os encaminhamentos, consegue ficar com uma ideia se o email foi mais compartilhado que outras campanhas. Isto acontece porque alguns visitantes utilizam o encaminhamento ao invés do botão “encaminhar para um amigo” embutido no próprio email.
Métricas de Leads
  • Comentários
    O número de comentários num conteúdo revela o engagement que o mesmo teve. Nos dias de hoje estes aparecem mais facilmente nos canais das redes sociais do que num blog.
  • Duração da sessão
    Ou o também chamado tempo de permanência é a quantidade de tempo que o visitante dispende no site durante uma visita em várias páginas.
  • Profundidade da navegação
    Este é um indicador de quantas páginas os visitantes estão a ver por sessão. Vêem apenas um conteúdo e saem ou visitam vários conteúdos diferentes.
Métricas de Vendas
  • Novos leads gerados
    Através de uma ferramenta de automação e CRM consegue calcular quantos novos leads entraram na sua base de dados após verem o seu conteúdo.
  • Leads existentes alcançados
    Tal como no indicador anterior pode calcular quantos leads existentes interagiram com o seu conteúdo.
  • Taxa de conversão do funil
    Que conteúdos mais ajudaram os leads a prosseguir o seu caminho no funil de compras?
Métricas de Custo
  • Canalização gerada
    Utilizando um modelo de atribuição de primeiro contacto pode agregar o valor total em dinheiro de todas as oportunidades quando o primeiro contacto do lead associado com a oportunidade foi com um conteúdo seu.
  • Canalização alcançada
    Pode, também, agregar valor total em dinheiro de todas as oportunidades quando o lead associado com a oportunidade entrou em contacto consigo através de um conteúdo seu.
  • Receita
    Para tal basta observar a receita total gerada de cada oferta através de contactos associados com um ou mais conteúdos produzidos anteriormente à conversão.
Métricas de Custo/Produto
  • Tempo de publicação
    Medir o tempo que demora a transformar uma ideia em conteúdo publicado pode ajudar a obter insights tais como: processo de criação de conteúdos e eficiência da equipa de produção.
  • Produção de conteúdos
    Para analisar a eficiência também pode aferir o volume de conteúdos produzidos num determinado período de tempo.
  • Controle de conteúdo
    Registar os conteúdos produzidos pode dar uma noção da velocidade a que os mesmos são consumidos. É importante calcular a média de dias entre os posts dividido pela média de dias desde a última visita.
  • Custo de produção por post/conteúdo
    Calcular o custo por conteúdo baseado no dinheiro que investe é útil para planear futuros investimentos.
  • Custos de divulgação por post
    Importa calcular não só o dinheiro investido como o tempo dispendido. Muitas vezes os custos de divulgação são um custo que excede os custos previstos. 

Recomendar
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIN
Partilhar
Deixar um comentário