Blog

Mobile First o novo algoritmo da Google

Até a bem pouco tempo a maioria do tráfego web provinha do desktop e por isso mesmo a projecção e desenvolvimento web tinham como objectivo ir ao encontro desta experiência.

A Google, baseando-se na versão desktop dos websites classificava e indexava-os nas SERP – Search Engine Result Page. No entanto, os tempos têm vindo a mudar e conforme mostram as estatísticas, em 2018, com a evolução dos dispositivos móveis, a melhoria na sua usabilidade e velocidade de carregamento, a navegação web passou a ser feita preferencialmente nestes dispositivos, atingindo os 58% de taxa de utilização.

A Google acompanhando esta evolução lançou a 1 de Julho deste ano a Mobile-first Index.

“Embora nosso índice de pesquisa continue a ser um único índice de websites e aplicativos, nossos algoritmos usarão principalmente a versão para celular do conteúdo de um site para classificar páginas desse site, para entender dados estruturados e para exibir snippets dessas páginas em nossos resultados”

Google

Mobile-first Index

Tal como o nome indica o novo algoritmo da Google passa a fazer a indexação dos websites, em primeiro lugar, pelas versões mobile dos mesmos. Quer isto dizer que não é obrigatório dispor de uma versão optimizada para mobile pois a versão desktop é incluída no índice que origina as classificações. No entanto, não se pode esquecer que nos dias de hoje é crucial ter um website responsivo (optimizado para todos os dispositivos) caso contrário será mal classificado pelos motores de pesquisa.

Actualmente não basta ter um website mobile friendly, é necessário, se não mesmo obrigatório, que o mesmo seja pensado e desenvolvido para o seu principal público alvo, os dispositivos móveis (mobile-first).

Como avaliar se o seu website está preparado para o novo algoritmo

Sendo que foi o aumento das pesquisas via mobile que originou este novo algoritmo convêm verificar que está preparado para o mesmo. Aqui ficam algumas dicas.

  • Teste a compatibilidade do seu website com dispositivos móveis
  • Verifique a capacidade de carregamento das páginas na versão mobile
  • Tenha conteúdos adaptados à versão mobile e desktop - SEO (títulos, subtítulos, meta descrições, imagens, etc)
  • Faça um diagnóstico da versão mobile do website no Google Search Console

Para quem já dispõe de um website mobile friendly já é meio caminho andado bastando apenas fazer as adaptações necessárias para se tornar mobile-first.

Se ficou com dúvidas ou precisa de ajuda para fazer adaptações ao seu website, na Colour Invasion, estamos ao seu dispor para ajudar no que for necessário. Contacte-nos

Fonte: Mindseo, Perficient Digital e One Day Testing.
AnitaMobile First o novo algoritmo da Google

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *