fbpx

Modelo de marketing “bem-me-quer” – Ouvir

Muitos são os modelos e marketing existentes. O importante é escolher aquele com que se sentir mais à vontade e colocá-lo em prática. Abaixo apresentamos um modelo de marketing que poderá aplicar às suas redes sociais e que esperamos que lhe seja útil.

As redes sociais permitem às marcas um constante engagement com o seu público-alvo. As marcas querem ser escolhidas, desejadas e é desta forma que Carolina Afonso e Leticia Borges fazem o paralelismo com o modelo de marketing a que denominara de “bem-me-quer”.

Este modelo é composto por 5 fase: ouvir; definir;posicionar; implementar e analisar.

Este primeiro passo do modelo corresponde à fase de análise (diagnóstico) e divide-se em 3 outras fases: a análise interna (engloba o modelo de negócio); a análise externa (mercado e concorrência) e a análise SWOT (corresponde à identificação dos pontos fortes e fracos, das oportunidades e ameaças).

1.1. ANÁLISE INTERNA

Esta análise não é mais do que uma análise ao seu próprio modelo de negócio. algo que pressupõe a capacidade de reflectir sobre a situação actual da empresa. Esta reflexão pode ser feita a partir de uma série de questões para as quais deverá ter uma resposta e que permitem posteriormente definir objectivos realistas e coerentes.

ANÁLISE DO MODELO DE NEGÓCIO

  • Qual é o ADN da minha marca?
  • Quais são so meus produtos-chave e as suas características únicas e diferenciadoras?
  • Qual é o contexto de mercado da minha área de negócio? Quais os concorrentes mais importantes?
  • Quais são os canais de distribuição que utilizo e qual a caracterização destes canais?

ANÁLISE DO POSICIONAMENTO DA MARCA

  • Como é que a minha marca se posiciona no mercado?
  • Tenho uma identidade de marca definida?
  • Quais são os benefícios e as razões principais pelas quais os meus clientes compram os meus produtos?
  • Em que consiste a minha estratégia de comunicação?
  • Qual é o mix de comunicação que habitualmente utilizo? Que meios e canais?
  • Qual é o budget global para a comunicação? Que budget e recursos prevejo alocar às redes sociais?

1.2. ANÁLISE EXTERNA

O objectivo aqui é olhar para o mercado no qual está inserido e para a sua concorrência.

ANÁLISE DO MERCADO

  • Motivações de compra
  • Locais de compra
  • Clientes
  • Locais onde o produto é consumido
  • Potenciais consumidores
  • Canais e características de distribuição (locais, quantidades, prazos e preços)

ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA

  • Quota de mercado que a marca detém
  • Quota de mercado que a marca pretende deter
  • Condicionalismos externos À obtenção da quota pretendida
  • Identificar todas as marcas concorrentes
  • Calcular a notoriedade de cada marca concorrente
  • Identificar o posicionamento da empresa em relação à concorrência

Neste ponto é importante que comece a seguir com atenção o que é dito sobre a sua marca das redes sociais, a identificar quem são os líderes de opinião na área e a acompanhar de perto o que dizem, a seguir bloguers relacionados com a sua área de negócio e a estar muito atento à sua concorrência e à forma como estão a tirar partido da sua presença nas redes sociais.

Para conseguir estar atento a todos estes pontos pode utilizar ferramentas como:

Foi por ser tão importante perceber o que se diz sobre a sua marca e sobre os seus concorrentes nas redes sociais que a consultora Accenture desenvolveu uma metodologia que permite perceber qual o posicionamento de uma marca nas redes sociais em comparação com a concorrência. Esta metodologia não é mais do que um cruzamento de 3 índices:

  • O índice de presença que mede o raio de acção de uma marca na web e nas redes sociais – A marca está a comunicar?;
  • O índice de influência que mede o grau de susceptibilidade dos consumidores em relação à marca – A Marca está a auscultar?; e
  • O índice de efectividade que mede a capacidade da marca em se envolver com os seus consumidores – As pessoas falam com a marca?.

1.3. ANÁLISE SWOT

SWOT é acrónimo de strenghts – weaknesses – opportunities – threats / pontos fortes – pontos fracos – oportunidades – ameaças e tem como objectivo criar objectivos tangíveis, estratégias e tácticas.

Por norma os pontos fortes e fracos estão dentro da própria empresa ao passo que as oportunidades e ameaças têm, na sua grande maioria, uma origem externa.

ANÁLISE DOS PONTOS FORTES

  • O que é que a sua empresa faz melhor que a sua concorrência?
  • Existe algum elemento especial e fora do comum sobre a história da empresa, produto ou serviço?
  • Existem algumas vantagens em termos de qualidade vs preço face aos seus concorrentes?
  • Qual a penetração da marca no mercado?
  • Existem embaixadores da marca?
  • A marca tem elevada notoriedade no mercado?
  • Que recursos existem na empresa que possam ser utilizados no plano de redes sociais?
  • A gestão de empresas é competente e vista como uma mais-valia?
  • A empresa tem uma boa relação com os seus clientes?
  • A empresa presta um serviço de apoio ao cliente de qualidade?
  • Existe algum evento recorrente organizado pela empresa relacionado com os seus produtos ou serviços?
  • Existem colaboradores com formação em redes sociais?

ANÁLISE DOS PONTOS FRACOS

  • Falta de conhecimentos ou capacidades técnicas?
  • Produto e a empresa não são conhecidos no mercado?
  • Problemas de qualidade e muitas reclamações?
  • Problemas a escalar problemas internamente?
  • Falta de ferramentas e recursos para gerir e monitorizar as redes sociais?
  • Dificuldades em convencer a gestão de topo da importância das redes sociais?
  • Fragmentação do mercado ou na linha de produtos?

ANÁLISE DE OPORTUNIDADES

  • Mudança nas condições de mercado que aumentam a procura de um produto da empresa;
  • Existência de nichos de mercado onde a marca não está presente;
  • Novas tecnologias que oferecem a possibilidade de desenvolvimento de produtos inovadores;
  • Um novo canal de distribuição;
  • Construir uma presença online em sites onde a marca não esteja presente; e
  • Promoções, descontos e ofertas, que podem ser promovidos nas redes sociais.

ANÁLISE DE AMEAÇAS

  • Que obstáculos enfrenta com regularidade?
  • Alguma das suas fraquezas constitui uma ameaça série ao seu negócio?
  • Que factores macro, como a economia,estão a afectar a sua estratégia?
  • Quais os obstáculos que podem determinar o sucesso ou o fracasso?
  • Evolução de novas tecnologias tornam os produtos da empresa relativamente caros?
  • Alteração das preferências do consumidor.
  • Abolição das barreiras comerciais pode levar à inundação do mercado com produtos concorrentes estrangeiros?
  • Novos canais de distribuição tornam inviáveis os já estabelecidos?

Os resultados da análise SWOT podem ser inseridos numa matriz como a que apresentamos abaixo de forma a retira conclusões mais rápidas.

Recomendar
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIN
Partilhar
Tagged in
Deixar um comentário